Gestão da Cadeia de Suprimentos


Imagine administrar seu negócio com a certeza de ter parceiros confiáveis e pontuais, capazes de reagir rapidamente às necessidades urgentes e apoiar com êxito suas necessidades operacionais: a excelência em serviço e a criação de valor para o consumidor são temas centrais da Gestão da Cadeia de Suprimento da Camozzi. De uma perspectiva logística, o serviço é visto como a gestão do ciclo de ordem do serviço ideal, o que exige excelência nas operações e na gestão de toda a cadeia, desde a logística de entrada até a logística de distribuição. A entrega pontual da ordem de serviço garante que o consumidor receba o produto certo no prazo certo, na quantidade certa, sem comprometer a qualidade, conformidade e preço (o princípio dos “7 certos”).

Com a instabilidade da economia e mercado, e a crescente complexidade e competitividade da globalização, aumentam as expectativas relacionadas ao atendimento e a total satisfação do consumidor exige um comprometimento contínuo com o aprimoramento. Na Camozzi, temos a convicção de que as ações de melhoria não podem se limitar a uma única fábrica, devido à complexidade das cadeias de suprimento e a necessidade do mercado de serviços que atendam todo o mercado.

É importante explorar e gerenciar os processos de criação de valor da perspectiva de cadeia de suprimento -começando com os fornecedores até o ponto final da distribuição, envolvendo o próprio consumidor final, pois todos os players da cadeia desempenham um papel decisivo no atendimento. A satisfação do cliente e a reputação da empresa estão em jogo. Todas as empresas do Grupo Camozzi aplicam a logística da Gestão da Cadeia de Suprimento (GCS), que é integrada à gestão logístico-produtiva da cadeia de suprimento, voltada à altos padrões de atendimento.

A colaboração ao longo da cadeia de suprimento é fundamental para a excelência e também envolve o consumidor final. A cooperação com o consumidor proporciona uma oportunidade de compartilhar valiosas informações para o planejamento da aplicação (Planejamento Colaborativo) e de melhorar a gestão operacional, com um entendimento claro do serviço esperado pelo consumidor (Acordos sobre Níveis de Serviço). A criação de valor para o consumidor também abrange serviços de logística avançada, tais como o fornecimento kanban, cronogramas de entrega, kits, sistemas de estoque gerenciados pelo fornecedor, Estoque em Consignação ou Interface Eletrônica de Dados.

A tecnologia da informação é uma tecnologia que capacita, usada de maneira massiva e intensa, e o uso do sistema de gestão SAP no Grupo garante um suporte essencial, mas os processos de gestão da cadeia de suprimento não podem negligenciar processos “disciplinados” e “analíticos”.

Melhorias contínuas nos padrões de serviço exigem um controle cuidadoso dos índice de desempenho (KPIs) e comparações com modelos de referência da indústria, tudo realizado diariamente por funções de controle interno, alinhados ao princípio: habilidades analíticas de alto nível garantem melhores resultados.